segunda-feira, 7 de maio de 2012

Uso do álcool e outras drogas serão debatidos na ALMG

Evento: Audiência da Comissão Especial para o Enfrentamento do Crack da Assembleia Legislativa de Minas Gerais
Local: Plenarinho III
Data e horário: nesta terça-feira (8), às 15h30


A Comissão Especial para o Enfrentamento do Crack da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizará audiência pública nesta terça-feira (8/5/12), às 15h30, no Plenarinho III. O objetivo da reunião é discutir a organização da rede de atenção ao usuário de álcool e outras drogas. Esta comissão também procede os estudos para o enfrentamento do problema do crack no Estado de Minas Gerais. Os autores do requerimento para a audiência são os deputados Paulo Lamac (PT), Vanderlei Miranda (PMDB) e Doutor Wilson Batista (PSD) e a deputada Liza Prado (PSB).

O encontro faz parte de uma sequência de reuniões que estão sendo realizadas pela comissão com o objetivo de discutir principalmente temas como prevenção; acolhimento e tratamento; qualificação para o mercado de trabalho e reinserção social; repressão qualificada ao tráfico; e financiamento para todas essas ações, inclusive as de saúde pública. O presidente da comissão, Paulo Lamac, alerta para os perigos causados pelo crack, que, segundo ele, causa forte dependência e desencadeia uma série de processos neurológicos. Além disso, a rede de tratamento ainda é escassa. "É necessário constitui-la em nível nacional e estadual" afirma.

Convidados – Foram convidados para participar da audiência pública o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques; o subsecretário de Estado de Defesa Social, Cloves Eduardo Benevides, o presidente do Conselho Federal de Psicologia e membro da Frente Nacional de Entidades pela Cidadania, Dignidade e Direitos Humanos na Política Nacional sobre Drogas, Humberto Verona; e o coordenador Nacional de Saúde Mental do Ministério da da Saúde, Roberto Tykanori Kinoshita.

Imprensa ALMG
--
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO

Seguidores