quinta-feira, 22 de abril de 2010

Participantes de encontro internacional visitam Shopping Oiapoque

As delegações estrangeiras que irão participar da assembleia geral da rede internacional Wiego – Woman in Informal Employment – Globalizing and Organizing (Mulheres no Trabalho Informal - Globalizando e Organizando), a ser realizada no dia 22, na UFMG, percorreram a cidade de Belo Horizonte para conhecer o trabalho desenvolvido pela Prefeitura em relação aos camelôs, catadores de papel e empregados domésticos.
 
Entre os locais visitados esteve o Shopping Popular Oiapoque, criado em 2003.A comitiva, cerca de 100 pessoas, era composta por representantes de trabalhadores informais de países da América Latina, América do Norte, Ásia, África e Europa, além de representantes de órgãos governamentais. Durante a visita, os estrangeiros caminharam pelos corredores do empreendimento e conheceram a diversidade de serviços e produtos oferecidos.
 
O gerente Regional de Centros de Comércio Popular Centro-Sul, Welton Petrillo, acompanhou a comitiva. Na ocasião, Petrillo explicou o processo de remanejamento dos camelôs do centro da capital para o shopping, a história do mesmo e o seu funcionamento. Cada grupo estava acompanhado por um tradutor de língua inglesa e espanhola. Entre as explanações, perguntas eram feitas pelos visitantes. Uma das maiores curiosidades foi os impactos e resultados da mudança dos camelôs para o local e como é o trabalho em outros espaços semelhantes na cidade. 
 
A Wiego, organização não governamental e com sede nos Estados Unidos, tem como objetivo melhorar a situação de trabalhadores informais, especialmente mulheres, por meio da organização e representação que permitam mais visibilidade a esse grupo, possibilitando a legitimação de suas atividades e também de outros aspectos que a envolvem.

www.pbh.gov.br
Karina Motta FSB Comunicações

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores