segunda-feira, 8 de março de 2010

Entrevista Aécio Neves - Uberlândia - Assinatura de convênios com o município

Entrevista do governador Aécio Neves

Evento: Assinatura de convênios com o município

Assuntos: Eleições 2010, investimentos do Governo de Minas e Entreposto da Zona Franca de Manaus 

Entreposto da Zona Franca e convênios assinados.

Não estou anunciando algo que não se vai cumprir. Estamos resgatando compromisso. O entreposto está pronto para funcionar a partir de hoje, o secretário de Estado da Fazenda do Amazonas está aqui ao nosso lado para garantir o funcionamento desse entreposto. Serão milhares de empregos gerados aqui na região e um incremento novo à nossa economia. Não tenho dúvidas que esse entreposto será o principal instrumento para distribuição dos produtos fabricados com isenção fiscal na Zona Franca, portanto um estímulo muito grade ao desenvolvimento econômico do Triângulo. Uma luta enorme com outros estados, com ações na justiça, mas com a participação dos empresários da região e do prefeito Odelmo.

Estou anunciando o início das obras, ainda esse semestre, da estrada que liga Uberlândia a Campo Florido. O último grande desafio a enfrentar aqui na região. Essa estrada liga Uberlândia ao centro-sul do país, com a região Sudeste e com alguns estados do Centro-Oeste.

Investimentos novos para o hospital, que pretendemos inaugurar já no início do próximo semestre. É o maior investimento em execução e construção em Minas Gerais, com tudo que existe de mais moderno em sustentabilidade e também em qualidade de atendimento. São mais R$ 15 milhões para equiparmos esse hospital com o que há de mais moderno nessa área. Não disse no discurso, mas reitero que também o hospital da Universidade Federal recebeu cerca de R$ 15 milhões do governo do Estado para o seu terceiro piso, enfim, para ampliação do atendimento.

Inauguramos escola, inauguramos uma fazenda da Epamig que vai apoiar o produtor rural. A Cargill faz hoje a inauguração de uma nova planta e essa nossa fazenda, onde haverá pesquisas de novas tecnologias, será muito importante também para que os produtores da região tenham maior produtividade, enfim, maior renda.

Estou garantindo também atendimento a um pedido do prefeito Odelmo, que é um viaduto que passa próximo da av. Governador Rodon Pacheco, que vai suprir um gargalo, também, de tráfego na cidade.

Enfim, um conjunto de ações que me deixa extremamente feliz e acho que a melhor forma de agradecer a Uberlândia e a todo Triângulo pelo apoio que me deu ao longo desses meus 7 anos e alguns meses é esse, trazendo investimentos, trazendo obras e com a certeza de que o vice-governador Antonio Anastasia vai continuar cumprindo cada um dos nossos compromissos.  

Estrada de Campo Florido.

Amanhã está publicado no Diário Oficial o processo de licitação. Ela tem um prazo de 60 dias para estar concluída e imediatamente concluído o processo de licitação, no dia seguinte inicia-se a obra. Os recursos para esse ano já estão garantidos, dependem apenas do processo licitatório, já que a licitação antiga, feita há mais de 20 anos, não atende a demanda atual.

Portanto, nós tivemos que alterar o projeto. Fizemos um novo projeto que terá que ser licitado para que não haja nenhuma interrupção no meio do caminho com qualquer ação ambiental ou de outra natureza. Portanto, nesse semestre ainda, no primeiro semestre de 2010, as obras estarão iniciadas e, eu espero, vão parar apenas no dia da inauguração.

Existe algum prazo a respeito do viaduto?

Os recursos já estão transferidos para a prefeitura. Ela que vai conduzir a obra. Depende apenas, agora, também do prazo legal de licitação. Não há nenhum outro empecilho. Eu espero que nesse mesmo prazo, dentro de alguns poucos meses, no primeiro semestre ainda desse ano, a obra esteja pronta. Precisa apenas que a licitação seja feita da forma adequada, com transparência, para que não haja também nenhum problema no correr da obra.

A presença do presidente da Assembléia é um indicativo de que a gente já tem um vice para a chapa do Anastasia, já que estamos falando tanto em campanha e continuidade?

Está cedo para isso ainda. Eu acredito, na política, nas soluções naturais. A candidatura do vice-governador foi uma solução natural, feita por todos nossos aliados. Não existe ninguém em Minas Gerais hoje em melhores condições de dar prosseguimento e aprofundar a nossa ação de governo. O modelo de gestão de Minas é reconhecido pelo Banco Mundial como melhor modelo de qualquer estado de qualquer país do mundo. Isso não pode ser interrompido. Então, com a mesma naturalidade que nós chegamos no nome do doutor Anastasia como candidato ao governo, vamos chegar também ao nome do vice-governador.

O presidente da Assembleia é um dos nomes colocados, outros também estão sendo colocados. Eu acredito que na última quinzena de maio é que nós teremos uma definição, que não será minha, pessoal, será dos partidos coligados.  

Hélio Costa.

Eu respeito muito o senador Hélio Costa. Não costumo me meter muito na seara que não é a minha. Vejo que no campo das oposições ao governo do Estado, ainda existem dúvidas quanto à composição. Eu prefiro aguardar o desenrolar dos entendimentos no outro campo, sem temer qualquer adversário, respeitando a todos. Essa é uma característica nossa, mas sem temer qualquer adversário.

A obra de governo que está em curso em Minas, que ligou todos os municípios com acesso rodoviário, com asfaltamento de qualidade, que levou telefonia celular a todos os municípios, que faz a maior obra de saneamento da história desse Estado, inclusive nas regiões mais pobres, que diminuiu a criminalidade a indicadores de 10 anos, que trouxe a educação para os três primeiros lugares em todas as séries do ensino fundamental e médio, que descentralizou e investiu como nunca na saúde, esse projeto de governo é que será julgado pela população mineira e os que quiserem a sua continuidade, o seu aprofundamento e um governo onde a ocupação dos cargos não se dê pela filiação partidária, mas pelo mérito, pela capacidade, pelo conhecimento de cada área terão uma opção apenas, que é a candidatura  do vice-governador Anastasia. 

Candidatura da oposição.

Eu acho que em determinado momento, eles vão chegar a um entendimento, e sempre será uma eleição dura. Eu não canto vitória antes da hora. Mas eu estarei absolutamente mergulhado nas coisas de Minas, encontrando com meus companheiros, com a população de Minas Gerais, com os cidadãos de Minas Gerais, dizendo que o maior presente que nós podemos dar a nós mesmos, e já serei o ex-governador, é dar continuidade a esse projeto, não voltar às práticas do passado, não interrompermos o exitoso modelo de gestão que hoje o Brasil admira e o mundo respeita. Portanto, eu tenho muita confiança que temos condições de vencer essas eleições, independente de quem seja o nosso adversário.

Agência Minas

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores