quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O Centenário de um Operário do Samba


Ataulfo Alves

Shows gratuitos marcam o centenário de um dos maiores sambistas mineiros 

O Triângulo Mineiro se prepara para ser palco da homenagem a um dos maiores sambistas mineiros: Ataulfo Alves. Nos dias 3, 5 e 6 de dezembro, acontecem shows especiais em comemoração ao centenário do nascimento deste sambista que foi um dos pioneiros da música popular no país e também responsável por consagrar o samba como gênero musical.

Artistas da região, da capital mineira e do Rio de Janeiro cantarão os maiores sucessos de Ataulfo Alves, como: "Meus Tempos de Criança", "Quem não gosta de samba ou é ruim da cabeça ou doente do pé" e "Que saudades da Amélia". As apresentações serão realizadas em praças públicas, abertas ao público e com entrada franca.

Segundo o organizador, Marcelo Ramos, o evento tem a intenção de demonstrar toda a diversidade cultural que existe no estado de Minas Gerais. "Este é um verdadeiro brinde cultural que permitirá ao público de todas as idades reviver ou conhecer a magia do gênero musical mais representativo da nossa terra, o samba", ressalta.

O projeto é realizado pela Officina de Produção Cultural, conta com subsídios da Lei Estadual de Incentivo a Cultura e é patrocinado pela CTBC Telecom.


Confira o cronograma do evento:


- 3 de dezembro, na Praça da Rodoviária, em Prata.

20h – Choro Cultura (Uberaba)

21h – Karine Telles (Uberlândia)

 

- 5 de dezembro, na Praça João Moreira de Souza, em Capinópolis.

20h – Copo Lagoinha (Belo Horizonte)

21h – Ataulfo Alves Jr. (Rio de Janeiro)


- 6 de dezembro, Ginásio Poliesportivo Paulo Honório de Oliveira, em Canápolis

20h – Eterna Chama (Uberlândia)

21h – Zé da Guiomar (Belo Horizonte)


iMídia Comunicação
Flávia Reis


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores