sexta-feira, 2 de maio de 2014

IEF e empresas assinam termos de cooperação visando preservação ambiental

O acordo permitirá a proteção e recuperação de nascentes e áreas degradadas, reflorestamento, prevenção e combate a incêndios florestais

Produção de mudas no viveiro do IEF na cidade de Patos de Minas chegará a 300 mil | Arquivo/Sisema

O Instituto Estadual de Florestas (IEF) assinou, neste mês, termos de cooperação técnica para promover ações de preservação ambiental e facilitar o monitoramento de áreas prioritárias para a conservação na região do Alto Paranaíba. 

O acordo envolve o Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam) e o Grupo Detoni WD Agroindustrial.

O acordo permitirá a realização de ações em conjunto visando à proteção e recuperação de nascentes e áreas degradadas, reflorestamento, prevenção e combate a incêndios florestais. O termo visa também estimular trabalhos de iniciação científica e atividades de extensão ambiental, dentre outros.

De acordo com o chefe do Escritório Regional Alto Paranaíba do IEF, Washington Luiz Silva Lima, um ponto de destaque é o aumento da produção de mudas no viveiro do IEF em Patos de Minas. “Com a melhora estrutural e logística do viveiro, o número de mudas produzidas poderá chegar a 300 mil por ano”, enfatiza. “A produção será importante para revitalização das praças e canteiros, melhorando a arborização do município”, completa.

Lima destaca, também, que a parceria vai ampliar as possibilidades de realização de estudos ambientais. “Os pesquisadores terão oportunidade de realizar trabalhos de campo, supervisionados por professores do Centro Universitário, técnicos ambientais, viveiristas e analistas do IEF”, ressalta.

Ainda de acordo com Lima, os projetos que virão a partir do termo de cooperação, são de responsabilidade do IEF e Fepam. A WD Agroindustrial disponibilizará os materiais necessários para realização das atividades, além de ser responsável pelas contratações e pagamento de funcionários.

via Agência Minas

Seguidores