sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Minas Gerais amplia a oferta de cursos técnicos e de qualificação

Estudantes mineiros terão mais cursos técnicos e de qualificação | Divulgação/SEE

Os jovens de Minas Gerais, estudantes do ensino médio da rede pública, terão mais oportunidades para fazer um curso técnico ou de qualificação profissional. Isto porque o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), fechou parceria com o Ministério da Educação (MEC) para ampliar a oferta desses tipos de cursos no Estado. A partir de 2012, cerca de 35 mil vagas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do governo federal, estarão à disposição dos alunos do ensino médio da rede pública de Minas Gerais em 82 municípios.

Serão oferecidas vagas nos cursos de qualificação profissional, cuja carga horária varia entre 160 e 400 horas. Entre os cursos ofertados nesta modalidade estão o de agente comunitário de saúde, soldador, padeiro, eletricista, entre outros. Além dos cursos de qualificação, serão disponibilizadas vagas nos cursos técnicos, que têm carga horária mínima de 800 horas. Nesta categoria estão os cursos de técnico em mecânica, edificações, química, segurança do trabalho, entre outros. Os cursos são gratuitos e a previsão é de que a primeira turma comece em março de 2012.

As aulas serão realizadas nas escolas do Sistema S (Senai e Senac), pelos Institutos Federais e pelas unidades do Sistema Federal de Educação Profissional. Os cursos ofertados serão escolhidos de acordo com a disponibilidade de vagas e localização dessas instituições, ficando a cargo da SEE a adoção dos critérios de seleção dos estudantes e de toda a gestão do programa.

A iniciativa veio se somar às ações já desenvolvidas pelo Governo de Minas por meio do Programa de Educação Profissional (PEP). Com a parceria firmada entre a SEE e o MEC, o número de oportunidades para que os jovens estudantes do ensino médio façam um curso técnico e de qualificação profissional irá dobrar em 2012. Com as 30 mil vagas do PEP e as 35 mil vagas pactuadas com o MEC, serão ofertadas cerca de 65 mil vagas aos estudantes mineiros.

Municípios beneficiados
As vagas dos cursos técnicos e de qualificação profissional serão oferecidas nas cidades em que existem escolas do Senai e do Senac, dos Institutos Federais ou do Sistema Federal de Educação Profissional credenciadas pelo MEC. Os municípios inicialmente atendidos serão Almenara, Araçuaí, Araguari, Araxá, Arcos, Arinos, Bambuí, Barão de Cocais, Barbacena, Barroso, Belo Horizonte, Betim, Cataguases, Cláudio, Congonhas, Contagem, Coromandel, Coronel Fabriciano, Conselheiro Lafaiete, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Extrema, Formiga, Florestal, Governador Valadares, Guaxupé, Ibirité, Inconfidentes, Ipatinga, Itabira, Itajubá, Itaúna, Ituiutaba, Januária, João Monlevade, Juiz de Fora, Lavras, Machado, Mariana, Manhuaçu, Matozinhos, Montes Claros, Muriaé, Muzambinho, Nova Lima, Nova Serrana, Ouro Branco, Ouro Preto, Paracatu, Pará de Minas, Passos, Patos de Minas, Patrocínio, Pedro Leopoldo, Pirapora, Poços de Caldas, Ponte Nova, Pouso Alegre, Ribeirão das Neves, Santo Antônio do Monte, Sabará, Santa Rita do Sapucaí, São Gonçalo do Rio Abaixo, São João Nepomuceno, São Gonçalo do Sapucaí, Santa Luzia, Salinas, São João del-Rei, São João Evangelista, Sete Lagoas, Três Marias, Três Corações, Teófilo Otoni, Tiradentes, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha, Várzea da Palma, Vazante e Vespasiano.

Educação a distância
Outra iniciativa importante da SEE é a implantação dos cursos técnicos a distância. Para isso, a secretaria aderiu, junto ao MEC, ao Programa Escola Técnica Aberta do Brasil (e-TEC). Esta tecnologia tem como objetivo expandir e tornar mais acessível aos jovens a oportunidade de fazer um curso de qualificação, contribuindo para a inclusão social. A expectativa é de que os cursos desta modalidade sejam oferecidos pela SEE ainda no 1º semestre de 2012.

Programa de Educação Profissional
O Governo de Minas criou, em 2007, o Programa de Educação Profissional (PEP), que oferece oportunidade de capacitação profissional gratuita aos jovens mineiros. Em 2012 o PEP vai oferecer 30 mil vagas em 60 diferentes cursos em todas as regiões do estado. A prova de seleção dos interessados ocorreu em novembro e a relação dos aprovados será divulgada no dia 16 de dezembro. Desde a sua implantação, o programa ultrapassa a marca de 200 mil estudantes atendidos.

Pronatec
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), ação do Governo Federal, tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e de qualificação profissional para jovens do ensino médio e trabalhadores. Além disso, o Pronatec visa a ampliação de vagas e expansão das redes estaduais de educação profissional, com oferta de cursos gratuitos pelo MEC.

via Agência Minas
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO

Seguidores