quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Estudantes veem o Poupança Jovem como auxílio para o futuro

O Poupança Jovem é destinado a estudantes do ensino médio público estadual/Divulgação/Sedese


O Programa Poupança Jovem continua mostrando para milhares de estudantes mineiros que eles podem romper barreiras e ter um futuro melhor. A jovem Franciele Rocha, de 17 anos, apostou na experiência e aprendizado que o programa ofereceu durante sua passagem pelo ensino médio e conquistou uma vaga no mercado de trabalho. "O Poupança Jovem me preparou para o futuro. Sem o programa, encontraria mais dificuldades para conseguir um estágio", diz.

 

Ela é um dos mais de 7.500 estudantes dos municípios de Ribeirão das Neves, Ibirité, Esmeraldas e Governador Valadares que receberam as bolsas de R$ 3 mil, paga pelo Governo de Minas até dezembro deste ano. Os beneficiados concluíram, além do ensino médio, as atividades do Poupança Jovem.

 

Franciele, que mora em Governador Valadares, terminou o ensino médio no final de 2010 e está cursando faculdade de direito. Ela conta que vai investir o dinheiro nos estudos. "Estou trabalhando, então, tenho condições para pagar meu curso; a bolsa será usada para fazer uma pós-graduação ou para algum imprevisto com a faculdade", revelou.

 

Neste ano, o programa foi expandido e passou a atender o município de Pouso Alegre, no Sul de Minas. Com isso, o número de estudantes da Rede Pública Estadual chega a quase 67 mil nas nove cidades atendidas (Ribeirão das Neves, Governador Valadares, Ibirité, Esmeraldas, Juiz de Fora, Montes Claros, Teófilo Otoni, Pouso Alegre).

 

"O Poupança Jovem vem cumprindo o objetivo de dificultar a evasão escolar e a ideia de fazer com que esses meninos e meninas reflitam sobre o melhor caminho a seguir no futuro", destacou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Wander Borges.

 

Em 2012 

A estimativa é que mais de 14 mil estudantes concluam as atividades do Poupança Jovem e recebam o benefício do Governo de Minas, em 2012. A expectativa é que novos 20 mil alunos sejam inseridos ao programa, no ano que vem.

 

Franciele deixa um recado para os calouros: "Essa é uma oportunidade para termos acesso a muitas coisas boas. O programa envolve questões de cidadania, testes vocacionais e outras ações que podem abrir portas, como abriu para mim. Minha mãe incentivou o meu envolvimento no programa e disse que ia ser bom para mim. Hoje eu tenho o retorno", concluiu.

 

Poupança Jovem 

Criado em 2007 e coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o programa Poupança Jovem é destinado a estudantes do ensino médio público estadual que residem em municípios com alto índice de evasão escolar, violência.

 

Ao final dos três anos, o Governo de Minas deposita R$ 3 mil, para o jovem aprovado e concluinte das atividades culturais, sociais e esportivas propostas pelo programa. É importante lembrar que para receber o incentivo o estudante não pode se envolver com a criminalidade ou drogas.


via Agência Minas

--
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO

Seguidores