domingo, 17 de abril de 2011

Rede de Centros Vocacionais Tecnológicos de Minas Gerais ganhará novo impulso

Priscila Borges/Sectes MG
Seminário da Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercado
Seminário da Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercado

Rede de Formação Profissional Orientada pelo Mercadoatende atualmente mais de 360 municípios, em uma rede composta por 571 unidades interligadas e 4.439 microcomputadores conectados em banda larga, somando mais de 500 mil cidadãos certificados em cursos profissionalizantes e 1 milhão de pessoas beneficiadas com o acesso à internet. Os números foram apresentados durante o Seminário da Rede de Formação, realizado de 10 a 13 de março.

O evento reuniu os coordenadores dos 84 Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e a equipe da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), que coordena o Projeto Estruturador do Governo de Minas, do qual a Rede faz parte. Foram traçadas as diretrizes da Rede de Formação para 2011 e apresentadas as novas estrutura e proposta da Superintendência de Inovação Social, de acordo com premissa da gestão do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, de ampliar as ações de inovação social como instrumentos de formação da cidadania. "Podemos dizer que a rede de CVTs de Minas Gerais é disparada a maior do Brasil. É uma plataforma pronta que democratiza o acesso digital, cumprindo o papel estratégico de formar cidadãos", explicou o secretário.

Ele enfatizou que o projeto, agora, vivencia uma nova fase, de reestruturação e expansão. "A nossa proposta é ampliar e modernizar a rede, fazendo com que tenha uma dinâmica ainda maior dentro das comunidades, alcançando um número ainda maior de municípios. Primeiramente, vamos trabalhar para reestruturar a rede existente, introduzindo novos conteúdos, conceitos e equipamentos, para em um segundo momento expandi-la. O objetivo é chegar em 2014 com pelo menos 200 CVTs em funcionamento no estado. A premissa do governo é que toda cidade com 20 mil habitantes tenha um CVT, e aquelas de 50 e 100 mil habitantes, dois CVTs, colocando Minas Gerais na era do conhecimento e da inovação social", disse Narcio Rodrigues.

Minas Gerais na liderança

O secretário lembrou, ainda, um feito inédito para Minas Gerais: o Estado contabilizou, no último ano, o número recorde de 145 mil usuários cadastrados no sistema de gestão de cursos profissionalizantes pela internet, tornando-se o primeiro colocado entre instituições nacionais no ranking mundial. Este ranking é estabelecido pelo próprio sistema, chamado Moodle, que acompanha este tipo de aprendizagem a distância em 211 países. Com este feito, Minas Gerais também conquista o oitavo lugar em todo o mundo. 
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa 

Seguidores