terça-feira, 8 de junho de 2010

Laboratório do IMA é credenciado para realizar diagnóstico de febre aftosa

BELO HORIZONTE (08/06/10) - O Laboratório de Saúde Animal (LSA) do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)foi credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para realizar o diagnóstico sorológico de trânsito para febre aftosa em animais susceptíveis. A conquista ocorreu na última semana de maio e o LSA é o segundo do país a conseguir este status.

Este é o quarto escopo do laboratório a receber o credenciamento pelo Mapa desde a publicação da portaria Nº 38 de 5 de fevereiro de 2009. Esta publicação integrou o LSA à Rede Nacional de Laboratórios Credenciados para realizar análise na área de diagnóstico animal em amostras originárias do controle oficial e programas específicos do Ministério da Agricultura. Os outros escopos que já eram credenciados são: brucelose, anemia infecciosa equina e encefalolpatia espogiforme transmissível (doença da "vaca louca").

A responsável pelo Laboratório de Saúde Animal do IMA, Marilda Ferreira Martins, explica que o LSA iniciou a implantação do sistema de gestão ISO 17.025 em agosto de 2008 e, graças a ele, conseguiu atingir a condição exigida pelo Mapa para o credenciamento.

Além disso, Marilda Ferreira Martins explica que este credenciamento é muito importante para Minas Gerais, já que o Estado tem planos de em breve retirar a vacinação contra a febre aftosa e ser considerado como área livre sem vacinação. "O credenciamento do LSA dá credibilidade ao Estado frente aos organismos internacionais", afirma.

O LSA foi o primeiro laboratório de defesa estadual a ser credenciado pelo Ministério da Agricultura no país. Atualmente é responsável pelos diagnósticos dos estados de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso.

O diretor geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, afirma que para cumprir sua missão de manter a sanidade animal e vegetal em Minas Gerais, assegurar a oferta de produtos de qualidade e contribuir para a preservação da saúde pública e do meio ambiente, o Instituto Mineiro de Agropecuária conta com uma moderna e equipada rede de laboratórios para atender o produtor rural nas áreas de química agropecuária e de saúde animal.

Laboratório de Saúde Animal

O LSA realiza diagnósticos de brucelose, leptospirose, raiva, febre aftosa, anemia infecciosa equina e encefalopatias espongiformes transmissíveis (doença da "vaca louca"). Os diagnósticos realizados fazem parte de programas nacionais ou estaduais de defesa sanitária e estão sujeitos a normas que vão desde o formulário, coleta e registro de amostras, até o resultado laboratorial.

Além de processar diagnósticos, o LSA produz a pasta vampiricida para o controle do morcego hematófago, principal transmissor da Raiva dos Herbívoros. Também controla, distribui e comercializa antígenos para diagnóstico de brucelose e tuberculose, em Minas Gerais.

O Laboratório de Saúde Animal fica localizado na avenida do Contorno, nº 1.707, no bairro Floresta, em Belo Horizonte. Para coleta de material e realização dos exames, o interessado deve se dirigir à unidade do IMA mais próxima e fazer a solicitação. O profissional do IMA irá informá-lo da forma de envio do material, dos valores das taxas e dos documentos necessários.

Agência Minas
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Seguidores