quarta-feira, 23 de junho de 2010

Governador anuncia adesão de mais 120 municípios ao Travessia

Wellington Pedro/Imprensa MG
Governador Antonio Anastasia em pronunciamento no evento do Travessia
Governador Antonio Anastasia em pronunciamento no evento do Travessia


Durante a solenidade, foi anunciada a adesão de mais 120 cidades ao programa, beneficiando diretamente uma população estimada em 900 mil pessoas. Com a expansão, serão 230 municípios contemplados em todo o Estado, totalizando 2 milhões de pessoas atendidas. As ações do Travessia são desenvolvidas principalmente nas áreas de saúde, educação, geração de renda, infraestrutura urbana, saneamento e capacitação profissional. O investimento do Governo de Minas nas ações soma R$ 600 milhões.BELO HORIZONTE (23/06/10) - O governadorAntonio Anastasia participou, nesta quarta-feira (23), no Auditório Juscelino Kubitschek, naCidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, da apresentação do balanço das atividades do programa Travessia. Lançado em 2008 pelo Governo de Minas, o programa está combatendo a pobreza nas cidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), por meio da ação integrada entre 22 secretarias e órgãos estatais.

Segundo o governador, o desafio de melhorar as condições econômicas e sociais dos pequenos municípios sempre foi prioridade para o Governo de Minas. Ele ressaltou que entre as 853 cidades mineiras, mais de 700 têm população inferior a 10 mil habitantes. Ele afirmou que esses municípios permaneceram por décadas à margem do desenvolvimento. De acordo com o governador, o Travessia foi criado para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem nesses municípios.

"A maioria dos municípios atendidos está localizada no chamado Grande Norte, região que abrange o Norte do Estado e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri. O Travessia reflete toda ação de Governo e pode ser definido como a passagem de uma situação que não é boa para uma que inova, que dá esperança. O Travessia leva água encanada, luz elétrica, melhoria para as casas, mas, o mais importante é a atenção e o respeito do Governo com as pessoas. O fundamental é que o Travessia faz de cada indivíduo um cidadão em um sentido amplo", afirmou o governador em seu pronunciamento. 

Avanços

O governador ressaltou que as ações do Travessia atingem diretamente as pessoas em suas comunidades, promovendo inclusão social, geração de renda e melhoria efetiva na qualidade de vida das pessoas. 

"O balanço é positivo. Vimos aqui o testemunho dos prefeitos, pudemos conversar com eles, prefeitos de todos os partidos, que há um empenho muito grande nesse projeto, que é um projeto social de grande alcance e que atinge diretamente o cidadão na sua comunidade, comunidade carente, que, aos poucos, é transformada em uma sociedade mais inclusiva", disse ele.

Prêmio 

Durante a solenidade, o governador entregou o prêmio "Destaque na Gestão Municipal do Programa Travessia/2009" aos municípios de Caraí, Berilo, no Vale do Jequitinhonha, e Santa Helena de Minas, no Vale do Mucuri. Os três municípios foram os que tiveram melhor desempenho na execução das ações do Travessia de acordo com critérios de eficiência, eficácia e efetividade. O objetivo da premiação é valorizar a destinação correta e transparente dos investimentos públicos, a mobilização da comunidade e o cumprimento do cronograma de obras dentro dos prazos estabelecidos. O prêmio será a assinatura de novo convênio no valor de R$ 70 mil com cada um dos municípios destacados. 

Alcance social 

O prefeito de Jenipapo de Minas, no Vale do Jequitinhonha, Márlio Geraldo Costa (PDT), falou em nome de todos os gestores municipais atendidos. Ele disse que o Governo de Minas sempre usou critérios técnicos para selecionar as cidades participantes e afirmou que o Travessia é o programa de maior alcance social que os municípios têm acesso.

"O Governo de Minas levou telefonia celular, asfalto e muitos outros benefícios para nossas cidades sem fazer distinção partidária, mas é o Travessia que tem um efeito social mais importante, que tocou o cidadão, principalmente o mais pobre, o mais carente", disse o governador. 

Choque social 

secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Ana Lúcia Gazzola, destacou que o Travessia promove um choque social com grande impacto na vida das pessoas. Ela afirmou também que o nome do programa é uma metáfora à passagem de uma situação de vida pior para uma situação melhor.

"O beneficiado é a pessoa, o cidadão, a cidadã, que vai ter melhor qualidade de vida, mais possibilidades de geração de emprego e renda, melhores escolas para os filhos, saneamento, casas, cidades asfaltadas, praças de esportes. A gente visita os municípios e vai vendo o antes e o depois. A gente fica verdadeiramente emocionada com a alegria das pessoas, com a emoção que elas sentem, por aquilo que, afinal de contas, é um direito das pessoas. Um direito social, um direito humano, um direito de cidadania, que é receber, do Estado, o melhor serviço, para que a pessoa possa chegar a sua condição plena de desenvolvimento e de felicidade e alegria", afirmou Ana Lúcia.

Para ver os principais resultados apresentados no conjunto dos 110 municípios, clique aqui (Documento do Word).

Agência Minas
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Seguidores