terça-feira, 4 de maio de 2010

Usiminas apresenta soluções em aço para municípios mineiros

A utilização de aço tanto em obras residenciais quanto nas de infraestrutura é uma opção viável para solucionar problemas de pequenos e médios municípios, uma vez que o produto oferece agilidade de construção e baixo impacto no cotidiano da cidade. Essa é a alternativa apresentada pela Usiminas no 27º Congresso Mineiro de Municípios, que acontece entre os dias 4 e 6 de maio, em Belo Horizonte. A siderúrgica oferece soluções para a construção de moradias, pontes, viadutos, passarelas, abrigos de ônibus e outras estruturas urbanas. 

Um dos principais diferenciais apresentados pela Usiminas no Congresso é a planta de um apartamento adaptado para moradores que utilizam cadeira de rodas e que se encaixa nas especificações do programa Minha Casa, Minha Vida. Com vãos mais largos que a planta original, permitindo uma melhor movimentação do cadeirante, o apartamento adaptado já está sendo utilizado nos projetos de moradia que estão sendo implantados em Volta Redonda (RJ). 

Os prédios que estão sendo levantados no município fluminense são a primeira experiência da Usiminas dentro do Minha Casa, Minha Vida, sendo os primeiros projetos em aço aprovados dentro do programa. Serão erguidos seis edifícios com estruturas metálicas, com 16 apartamentos cada, para famílias com renda de até três salários mínimos. O contrato foi assinado pela siderúrgica e por construtoras parceiras com a Caixa Econômica Federal (CEF) e a Prefeitura de Volta Redonda no dia 23 de março. 

As obras tiveram início em abril e o objetivo é entregar os apartamentos no final de 2010, depois de um período de construção entre seis e oito meses. A velocidade das obras é uma das principais vantagens da construção em aço. 

Além de Volta Redonda, a Usiminas está avaliando a construção de prédios dentro do programa de moradias populares do governo federal em outras cidades, inclusive em Minas Gerais. Em Ipatinga, já há previsão de 160 apartamentos e outros municípios do Estado já estão sendo avaliados. 

Infraestrutura 

Além de ser aplicado na construção residencial, o aço também é uma excelente solução para obras de infraestrutura urbana e de empreendimentos comerciais. As estruturas metálicas proporcionam maior agilidade no processo de execução, com um canteiro de obras reduzido e mais limpo. Isso diminui o impacto negativo de grandes intervenções no dia a dia das cidades durante o período de obras. 

A Usiminas – por meio de sua subsidiária de bens de capital e serviços, Usiminas Mecânica – tem ampla experiência na construção de estruturas urbanas. A empresa já executou grandes obras, como a Ponte JK, em Brasília, o Edifício Garagem do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, o elevador e a escadaria do Corcovado, no Rio de Janeiro e o shopping Diamond Mall, em Belo Horizonte. 

Vantagens do aço 

Na construção dos prédios, a Usiminas utiliza o aço UsiSac, que tem alta resistência à corrosão, o que garante a qualidade e a segurança das habitações. Entre as vantagens da construção em aço está o baixo índice de erros durante a obra, devido à alta industrialização do processo, aumentando a rentabilidade do negócio. Além disso, todo o empreendimento – da fundação ao acabamento final do prédio – pode ficar pronto em um período de seis a oito meses, metade do tempo normal para uma obra feita com estrutura de concreto. 

A construção em aço está ainda em perfeita sintonia com o conceito de desenvolvimento ambientalmente sustentável. O aço é um material 100% reciclável e sua utilização reduz sensivelmente os impactos ambientais desde a sua fabricação até a etapa de construção e pós-obra. Além disso, a utilização das estruturas em aço na construção civil permite otimizar os canteiros das obras, pois são mais limpos e organizados, reduzindo a poluição sonora e atmosférica, diminuindo custos de administração e de manutenção. 

Congresso Mineiro de Municípios 

O Congresso Mineiro de Municípios consolida o conceito de gestão pública permanentemente, criando uma agenda sobre o tema e envolvendo municípios, prefeitos e agentes políticos na melhoria da gestão municipal. O evento é voltado para representantes das administrações municipais de todos os 853 municípios de Minas Gerais. 

O tema da 27ª edição "Gestão e Tecnologia" condiz com a filosofia da Associação Mineira de Municípios que tem, como alguns de seus norteadores, a gestão eficiente e de resultados, a tecnologia fomentadora, a potencialização das informações e a melhoria da qualidade da administração pública. 

RP1 Comunicação /Raquel Barreto                                                                                 

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Seguidores