quinta-feira, 27 de maio de 2010

Governo de Minas doa 201 instrumentos para bandas

Lúcia Sebe / Secom MG
Washington Mello entrega instrumentos musicais a bandas do interior
Washington Mello entrega instrumentos musicais a bandas do interior

BELO HORIZONTE (27/05/10) - Pelo interior de Minas Gerais, quando a banda toca é sinal de festa, de comemorações ou de gente importante chegando à cidade. As pessoas param "para ver, ouvir e dar passagem", como na letra de Chico Buarque, diante de uma das expressões culturais mais tradicionais de Minas. A valorização e permanência desta manifestação secular é o objetivo do Programa de Apoio às Bandas de Música Civis de Minas Gerais, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que, nesta quinta-feira (27), promoveu a doação de 201 instrumentos para 19 bandas do Estado. O investimento, com recursos da Codemig, foi de R$ 500 mil. A solenidade aconteceu nos jardins internos da SEC, em Belo Horizonte.

"A entrega destes instrumentos representa o esforço maior do Governo de Minas de preservar e estimular nossas bandas de música para que esta tradição passe de geração para geração. Nossa intenção é de que estes instrumentos musicais se transformem também em instrumentos de mobilização social para que esta manifestação cultural, tão rica, se perpetue", disse o secretário de Estado de Cultura, Washington Mello. O Estado possui 711 bandas cadastradas na Secretaria, com aproximadamente 20 mil músicos e, de 2005 a 2008, foram investidos R$ 4,7 milhões no Programa de Apoio às Bandas de Música Civis de Minas Gerais, o que corresponde à doação de 6.661 instrumentos para 407 bandas de 258 municípios.

O secretário Washington Mello entregou, simbolicamente, os instrumentos musicais ao prefeito de São Tomé das Letras, José Roberto da Silva, em nome da Corporação Musical Banda das Letras. "Em nome de nossa corporação musical, agradeço de coração esta doação, através deste importante programa de incentivo à cultura de Minas", disse o prefeito.

Dos 201 instrumentos que foram doados, 18 são flautas, 29 clarinetas, 2 requintas, 18 saxes alto, 19 trompetes, 13 saxes tenor, 4 saxes horn, 4 trompas, 18 trombones de vara, 6 trombones de pisto, 14 bombardinos, 11 bombardões, 5 sousafones, 12 pares de pratos, 9 caixas de guerra, 10 bombos e 9 surdos.

O secretário municipal de Esportes, Cultura e Turismo de Aricanduva, Sebastião Paranges, trouxe a corporação musical da cidade para se apresentar no evento, a Banda de Música Professor Cláudio Magela de Melo. "Recebemos sete instrumentos, muito bem vindos e bem quistos pela banda e por toda a comunidade", disse. A banda chamou a atenção dos presentes por sua composição baseada em jovens, como Berenice Talita, de 15 anos, deficiente auditiva, responsável pela percussão, e pelo repertório, passando pelos clássicos da MBP, como a Aquarela do Brasil, de Ary Barroso, até sucessos internacionais, como Hey Jude, dos Beatles.

As cidades que tiveram suas bandas municipais beneficiadas são Aricanduva, Barroso, Brasilândia de Minas, Campina Verde, Canápolis, Caputira, Carmo do Paranaíba, Conquista, Divisa Nova, Felício dos Santos, Itaú de Minas, Joaíma, Manhumirim, Materlândia, Pirapora, Romaria, Santa Juliana, São Tomé das Letras e Varzelândia.

Agência Minas
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br

Seguidores