quinta-feira, 22 de abril de 2010

Expocachaça promete crescimento de 40% nos negócios

A 13ª edição da Feira Internacional da Cachaça (Expocachaça), que será realizada dentro
da programação da Superagro Minas 2010, prevê a realização de negócios entre R$ 15
milhões e R$ 17 milhões, ante os R$ 12 milhões do ano anterior. De acordo com o diretor
de Marketing José Lúcio Mendes, a Expocachaça continua na busca por inovação para gerar mais negócios.

Segundo afirmou o diretor, as expectativas são as melhores possíveis, uma vez que um
evento como este gera uma grande sinergia entre os setores produtivos. "Os espaços já
estão todos comercializados, com estandes de tamanhos variados para atender aos
expositores de vários portes", diz. A Expocachaça vai de 28 de maio a 01 de junho, no
Complexo Expominas.

Uma das novidades na edição deste ano será o Encontro Estratégico de Negócios, que será
realizado juntamente com o Sindibebidas, Fiemg e o Centro Brasileiro de Referência da
Cachaça, que se propõem a aproximar compradores e produtores para a realização de bons negócios. "Além disso, teremos dois espaços bem definidos: o Salão Vermelho, que
acomodará a cachaça mineira e o Salão Azul, para as cachaças de todas as partes do
Brasil", adiantou.

Outra inovação do evento neste ano é trazer para o público a opção de consumir cervejas
artesanais importadas, fazendo assim com que as pessoas possam fazer uma comparação e sentir a qualidade do produto nacional. "O objetivo desta ação é deixar claro que o
produto nacional não deixa nada a desejar em relação aos produtos que vêm de outros
países. Teremos diversas marcas importadas num universo de bebidas diferenciadas", destacou.

Mais uma novidade para este ano será a montagem de um restaurante de cortes suínos para que os visitantes possam, além de provar as cervejas, terem um acompanhamento com bons cortes de carne. De acordo com ele, esta ação pretende difundir a representatividade gastronômica aliada à cultura de consumo de uma bebida de qualidade.

A Expocachaça 2010 terá também um Espaço de Tecnologia, com máquinas e equipamentos para a produção da bebida, incluindo novidades trazidas pelas empresas participantes. "O Espaço de Tecnologia de Promoção da Cachaça, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) trará uma empresa de levedura de cerveja para ensinar aos cervejeiros métodos de padronização do processo de produção", explicou.

A cachaça é o terceiro destilado mais consumido no mundo. No Brasil, este índice alcança
a marca de 86%. No país existem cerca de 40 mil alambiques, sendo que em Minas Gerais
este número chega a 9 mil. Entre os 40 mil alambiques distribuídos pelo país, 98% são de
pequenos produtores.  A média anual da produção mineira gira em torno de 260 milhões de
litros.

Além da 13 ª Expocachaça, a Superagro terá a Expovet, a Conferência Nacional sobre
Defesa Agropecuária e Feira de Softwares Agrotic, a 50ª Exposição Estadual Agropecuária,
O Ciclo de Aulas Técnicas e Encontros da Apicultura, Fruticultura e Avicultura.

Realização – A Superagro é uma iniciativa do Governo de Minas - por intermédio da
Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e Instituto
Mineiro de Agropecuária (IMA) -, da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de
Minas Gerais (Faemg) e do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa
(Sebrae-MG).

www.superagro2010.com.br
Assessoria de imprensa
Vanúsia Duarte / Rodrigo Moinhos
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores