quarta-feira, 10 de março de 2010

Cemig alerta para a incidência de raios no Estado

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig alerta para a alta incidência de raios nesta época do ano. Durante o período chuvoso, que vai até o mês de abril, ocorre um grande aumento na incidência de descargas atmosféricas. Essa elevação pode colocar em risco a segurança da população e o fornecimento de energia para os consumidores.

 

Minas Gerais é um dos Estados que mais registram a ocorrência de raios por ano. Atualmente, Minas está na quarta colocação do ranking nacional, com média anual de 1,05 milhão de descargas atmosféricas. De acordo com Ruibran dos Reis, essa posição se deve à área geográfica de Minas, que é a quarta maior do Brasil, com mais de 586 mil km².

 

Nos três primeiros meses do ano, a Cemig registrou a ocorrência de 216 raios em Belo Horizonte. De acordo com o meteorologista Ruibran dos Reis, essa incidência de descargas atmosféricas se concentrou em janeiro, quando ocorreram temporais, enquanto, em fevereiro, predominou uma grande massa de ar quente, que dificultou a formação de nuvens de chuvas na região Central do Estado.

 

No ano passado, Belo Horizonte contabilizou a incidência de 2.227 descargas atmosféricas. As cidades de Uberaba e Juiz de Fora foram as que mais registraram descargas atmosféricas no ano passado. Veja abaixo o quadro com a ocorrência de raios nas principais cidades de Minas Gerais:

 

 

Região

Cidade

N° de raios

em 2009

Triângulo Mineiro

Uberaba

13.154

Zona da Mata

Juiz de Fora

8.364

Triângulo Mineiro

Uberlândia

7.705

Oeste

Divinópolis

2.434

Norte de Minas

Montes Claros

1.712

Leste

Governador Valadares

1.698

Sul de Minas

Varginha

599

 

 

Desligamentos

Os raios são a maior causa de interrupções acidentais no fornecimento de energia na área de concessão da Cemig. Somente no ano passado, foram 103.864 interrupções causadas por descargas atmosféricas no Estado. Esse número representa um terço (33,5%) do total de 310.228 desligamentos acidentais verificados pela Empresa em 2009.

 

 

Proteção

Aparelhos eletrônicos não são as únicas vítimas de uma tempestade com raios. O consumidor também deve estar atento para não ser atingido diretamente por descargas atmosféricas, procurando se abrigar durante as chuvas e mantendo-se distante de árvores ou grades metálicas. 

 

A Cemig protege seu sistema elétrico por meio de para-raios de baixa e média tensão, instalados em todos os transformadores da rede de distribuição. Porém as sobretensões na rede, provocadas por raios, podem incidir diretamente ou próximo às instalações dos consumidores ou, ainda, penetrar por outras vias que não a rede elétrica. Dessa forma, a Cemig recomenda que os consumidores também tomem medidas para proteger suas instalações.

 

De acordo com o engenheiro de operação Marcos Vinicius Carneiro, da Cemig, o consumidor pode se prevenir instalando equipamentos como para-raios, mas ele recomenda uma medida mais eficiente e econômica para evitar prejuízos: desligar da tomada os equipamentos eletrônicos mais sensíveis, como televisores e aparelhos de DVD. "Após o fim das descargas atmosféricas, que geralmente não duram muito tempo, o consumidor pode ligar os aparelhos novamente", esclarece.

 

Sempre que houver suspeita de que os danos a um equipamento tenham sido provocados por raios que atingiram a rede elétrica da Cemig, o consumidor deve procurar, primeiramente, o atendimento do Fale com a Cemig, pelo telefone 116, para solicitar o ressarcimento.

 

Confira algumas dicas:

O que você deve fazer dentro de casa:
· não tome banho ou use torneira elétrica durante as tempestades
· evite contato com qualquer objeto que possua estrutura metálica
· não ligue aparelhos e motores elétricos para não queimar os equipamentos
· afaste-se das tomadas e evite usar o telefone
· desconecte das tomadas os aparelhos eletrônicos
· desligue os fios de antenas dos aparelhos
· permaneça dentro de casa até a tempestade terminar

O que você deve fazer fora de casa:
· evite contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas e de energia elétrica e qualquer objeto ou estrutura metálica
· afaste-se de veículos como tratores, motos, bicicletas e carroças, além de máquinas agrícolas
· mantenha-se afastado de áreas descampadas, pastos, campos de futebol, piscina, lagoas, praias, árvores isoladas, postes, mastros e locais elevados


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores