quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Sest/Senat no enfrentamento à exploração sexual

O Sest (Serviço Social do Transporte) e o Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), a partir do dia 5 de fevereiro, participam do lançamento da Campanha Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Carnaval 2010.

As unidades do Sistema localizadas no Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza, Manaus, Belém, São Paulo, Vitória, Florianópolis, Porto Velho, e Belo Horizonte - realizarão ações de mobilização e esclarecimento sobre o tema nos dias de folia nessas localidades.

A campanha é uma iniciativa da SEDH (Secretaria Especial dos Direitos Humanos) da Presidência da República em parceria com a sociedade civil, organizações e organismos internacionais. O projeto, que está em sua quinta edição, tem como objetivo principal prevenir a violência sexual e estimular as denúncias dos casos ao Disque Denúncia Nacional – que atende pelo número 100 - ou aos conselhos tutelares. O Sest/Senat é parceiro do programa desde a primeira edição, lançada em 2006.

Durante os festejos carnavalescos serão distribuídas camisetas, bandanas, abanadores, cartazes, adesivos, fitinhas para amarrar no pulso, tatuagens temporárias, além de peças em inglês e espanhol para uso da Polícia Federal junto aos turistas estrangeiros. As unidades do Sest/Senat ficarão responsáveis por desenvolver ações voltadas para o trabalhador do transporte e a comunidade em geral.

Com o slogan "Exploração sexual de crianças e adolescentes é crime. Denuncie! Procure o conselho tutelar de sua cidade ou Disque 100", a campanha de 2010 relaciona o enfrentamento da violência sexual com imagens típicas do Carnaval. Em todo o material produzido para a divulgação, um pierrô - personagem característico da festa – aparece com uma lágrima no rosto para representar a dor e o sofrimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

Como nos anos anteriores, para a escolha das localidades foram observados alguns fatores como a incidência do fenômeno na região, com destaque para o tráfico de pessoas com fins sexuais e a exploração sexual no turismo, as organizações e mobilizações carnavalescas locais e o número de denúncias recebidas pelo Disque 100.

PROGRAMA ESCA DO SEST/SENAT
O Sest (Serviço Social do Transporte) e o Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) são entidades civis, integrantes do Sistema S, ligadas à CNT (Confederação Nacional do Transporte) e sem fins lucrativos. Ambas têm como missão desenvolver e disseminar a cultura do transporte, promovendo a melhoria da qualidade de vida e do desempenho profissional do trabalhador, bem como a formação/qualificação de novos profissionais para eficiência e eficácia dos serviços a serem prestados à sociedade.

Desde 2004, o Sest/Senat atua no combate à exploração sexual infanto-juvenil. As ações desenvolvidas pelo Esca (Programa de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes) estão baseadas em três principais frentes de trabalho: abordagem de caminhoneiros nas estradas para discussão sobre o assunto, curso preparatório online e produção e exibição de um curta-metragem assistido por mais de 11 mil caminhoneiros durante os cursos de capacitação nas 133 unidades do Sistema existentes no país.

Em 2009, 124 caminhoneiros voluntários foram capacitados para realizarem abordagens pelas estradas e ampliar a discussão do tema entre os colegas de profissão. Os ATS (Agente de Transformação Social), como são conhecidos, até o final de dezembro, haviam realizado mais de 32 mil abordagens. As conversas são realizadas nos momentos de parada para descanso, abastecimento e alimentação. Os resultados dos trabalhos podem ser acessados na página do Programa.

SERVIÇO

LANÇAMENTO DA CAMPANHA CARNAVAL 2010
Calendário de ações:

Dia 5: Vitória
Dia 7: Belo Horizonte
Dia 8: Belém, Rio de Janeiro e Recife
Dia 9:Porto Velho
Dia 10: São Paulo e Salvador
Dia 11: Manaus e Florianópolis
Dia 12: Fortaleza

Assessoria de Imprensa do Sest/Senat

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores