sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

“Pai” do Balde Cheio visita unidades demonstrativas do programa no Triângulo Mineiro

"Pai" do Balde Cheio visita unidades demonstrativas  

do programa no Triângulo Mineiro

 

Artur Chinelato vem conhecer os resultados do trabalho desenvolvido pelos técnicos da Calu junto aos produtores rurais da região

 

 

Próximo de completar três anos no Triângulo Mineiro, o Programa Balde Cheio desenvolvido na região por meio do trabalho dos técnicos da Cooperativa Agropecuária Ltda. de Uberlândia – Calu recebe, na próxima semana, a visita do idealizador, o engenheiro agrônomo da Empresa Brasileira de Pesquisa em Agropecuária - Embrapa Sudeste, Artur Chinelato.

 

Ele estará acompanhado pelo colega, também engenheiro agrônomo da Embrapa, – André Luiz Novo e o responsável por disseminar o Programa pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais – Faemg – Walter Miguel.

 

A comitiva, que será acompanhada por dezenas de produtores da região de Araxá (MG), Uberlândia e Indianópolis no Triângulo Mineiro, terá a agenda cheia durante a semana.

 

No dia 23 (terça-feira), estão agendadas visitas em duas fazendas consideradas unidades demonstrativas do Balde Cheio nos municípios de Uberlândia e Indianópolis. No dia 24 (quarta-feira), o grupo seguirá para Gurinhatã, no Pontal do Triângulo. No dia 25 (quinta-feira), a comitiva segue para Tupaciguara e Monte Alegre de Minas, durante o dia e, à noite, às 18 horas, Chinelato conduzirá uma palestra gratuita para produtores rurais, técnicos, estudantes e qualquer pessoa que tenha interesse em conhecer o Programa, no auditório do Sindicato Rural de Uberlândia.

 

"Essa é uma visita de rotina do Chinelato e os demais técnicos às unidades demonstrativas e assistidas pelo Programa. É a primeira vez que ele vem conhecer o nosso trabalho e a expectativa é grande. Será um momento oportuno para a troca de experiências entre os técnicos e os produtores rurais", comenta o técnico da Calu, Ronaldo Ferreira Rodrigues coordenador do Balde Cheio na região.

 

Atualmente, 64 fazendas do Triângulo Mineiro são assistidas pelos técnicos da Calu, dentro do Balde Cheio. "Temos cinco unidades demonstrativas, uma em cada filial (Monte Alegre de Minas, Gurinhatã, Tupaciguara), na matriz (Uberlândia) e uma em Indianópolis. Todas elas serão visitadas pelos técnicos da Embrapa e da Faemg que farão o balanço e avaliação do nosso trabalho", explica Ronaldo

 

O Balde Cheio

 

O Balde Cheio foi implementado  na Cooperativa, em 2007, com o objetivo de disponibilizar tecnologias simples, baratas e eficientes para que os pequenos produtores aumentem a produção e melhorem a eficiência na aplicação dos recursos disponíveis.

 

De acordo com o gerente da área de Desenvolvimento e Assistência Técnica da Cooperativa, Marcelo Nogueira, o programa trouxe resultados, já nos primeiros meses de implementação. "Nós tivemos produtores que conseguiram dobrar a produção  em apenas dois meses de adesão ao programa", comenta.

 

É o caso do cooperado Carlos Galeno, cuja propriedade é uma das unidades demonstrativas, no município de Indianópolis. O produtor viu a produção duplicar e as finanças renderem em poucos meses que aderiu ao Balde Cheio. "Foi surpreendente para mim, pois em tão pouco tempo consegui um resultado que eu perseguia há anos na atividade", confirma.

 

 

Mais informações

Érica Magalhães /MF Comunicação

Ascom Calu

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores