quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Governo do Estado inaugura terceiro núcleo do Plug Minas

José Carlos Paiva/Secom
Vice-governador inaugurou Núcleo de Empreendedorismo Juvenil do Plug Minas
Vice-governador inaugurou Núcleo de Empreendedorismo Juvenil do Plug Minas

BELO HORIZONTE (23/02/10) - Jovens das escolas estaduais de Belo Horizonte e Sabará têm agora a oportunidade de se tornarem futuros empreendedores com a inauguração, nesta terça-feira (23), do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil do Plug Minas – Centro de Formação e Experimentação Digital. Resultado da bem sucedida parceria do Governo de Minas com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG), o Núcleo oferecerá curso técnico em Administração a 180 jovens estudantes e egressos da rede pública estadual de ensino. Participaram do evento o vice-governador Antonio Anastasia; o secretário de Estado de Cultura, Paulo Brant; o secretário de Estado de Esportes e Juventude, Alberto Rodrigues; a presidente do Servas, Andrea Neves; o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-MG, Roberto Simões, juntamente com demais gerentes desta instituição e alunos selecionados.

 "Vocês seguem caminhando para o futuro bem armados, bem instrumentalizados com o melhor capital de Minas Gerais", ressaltou o vice-governador Antonio Anastasia aos jovens da primeira turma do Núcleo de Empreendedorismo Juvenil. "O sinônimo do Plug Minas é parceria. O Governo de Minas tem se esforçado ao máximo no sentido de fazermos e fazermos parcerias. Ninguém governa sozinho", disse Anastásia, enfatizando a importância das parcerias para a efetivação do projeto, concebido pela Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, com interveniência da Secretaria de Estado de Esportes e Juventude de Minas Gerais e com execução da Oscip Instituto Cultural Sérgio Magnani (ICSM).

Além do Sebrae-MG, o Governo de Minas firmou outras importantes parcerias para a implantação do Plug Minas, que é modular. Em 2009, dois núcleos iniciaram suas atividades: o Valores de Minas, em parceria com o Servas e o Oi Kabum!, em parceria com o Instituto Oi Futuro. Em 2010, outros cinco núcleos iniciam suas atividades: Amigo do Professor, em parceria com Instituto Unibanco; Inove – Jogos Digitais, em parceria com a PUC Minas e Usiminas; Núcleo CVT em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Núcleo de Planejamento e Gestão – NPG; o Caminhos do Futuro, que é a grande galeria do Plug Minas.

Núcleo de Empreendedorismo Juvenil

O objetivo é formar o jovem na área de gestão de empresas, desenvolvendo suas capacidades empreendedoras e conhecimentos básicos de Administração com foco no mercado digital. Um dos destaques do programa é o projeto Empresa Simulada, um laboratório educacional que prepara o aluno para desafios da administração da micro e pequena empresa, por meio da gestão de uma empresa em atuação no mercado virtual. Nesse núcleo, o estudante vai desenvolver habilidades empreendedoras, autonomia, proatividade, liderança e a postura cidadã, se preparando para o mercado de trabalho e para a vida em sociedade.

As atividades do núcleo têm duração de um ano, com carga horária de 800 horas, sendo 205 dias letivos. Os 180 jovens da primeira turma foram selecionados no processo seletivo Plug Minas 2010, que aconteceu em novembro e dezembro de 2009 e recebeu 4.153 inscrições, sendo 1.280 inscritos para o Núcleo Empreendedorismo Juvenil.

A Escola do Sebrae

A Escola do Sebrae foi inaugurada em 1994. Inspirada em um modelo austríaco, com método de ensino adaptado à realidade brasileira, ela é, hoje, referência educacional pioneira nas três Américas. Além de contar com um corpo docente altamente qualificado, uma atenção especial é dada às disciplinas especializadas, como informática e línguas estrangeiras.

O Plug Minas

O Plug Minas - Centro de Formação e Experimentação Digital é um espaço voltado para a formação e o aperfeiçoamento educacional-profissional do jovem e para a ampliação de oportunidades de inclusão produtiva por meio da cultura digital e das artes. Constituído por diversos núcleos, o Plug Minas oferece atividades de formação e experimentação nas áreas da arte e da tecnologia. A previsão é de que, quando plenamente implantado, o Plug Minas seja capaz de atender cerca de oito mil jovens.

Neste espaço, jovens de 15 a 24 anos desenvolvem competências para lidar com os mais variados aspectos da tecnologia, das artes por meio do acesso irrestrito às redes e da autonomia para produzir informação, arte e cultura. Este acesso se dá através de diversos cursos e oficinas oferecidos por seus núcleos.

Agência Minasar
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores