terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Começa a tramitar projeto que institui Selo de Qualidade Nutricional

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais proposição que institui o Selo de Qualidade Nutricional e Segurança Alimentar no Estado, destinado a instituições que se destacarem pela qualidade dos serviços prestados na área alimentar, como restaurantes, bares e bufês. É o Projeto de Lei (PL) 4.020/09, da deputada Ana Maria Resende (PSDB), que passou pela Comissão de Constituição e Justiça nesta terça-feira (9/2/10). Agora, a proposição segue para a Comissão de Saúde para receber parecer, antes de estar pronta para o Plenário, em 1º turno. Os critérios relativos à certificação e à aferição das instituições serão estabelecidos em regulamento, ou seja, em decreto do Executivo.

O relator do projeto, deputado Delvito Alves (PTB), apresentou o substitutivo nº 1 à proposição, a fim de explicitar que o selo deverá ser instituído no âmbito da Política Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. Para isso, propõe alterar a Lei 15.982, de 2006, que trata da política, por meio do acréscimo do artigo 5º-A à norma, cabendo ao Executivo definir o órgão estatal competente para sua concessão. O substitutivo também exclui a exemplificação das entidades que estarão aptas a receber o selo, constantes do artigo 1º do projeto original.

Veja matéria completa sobre a reunião da comissão
--  Assessoria de Imprensa da ALMG www.almg.gov.br 


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores