segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Campanha Proteja Nossas Crianças tem novo parceiro

Felipe Jesus
A campanha Proteja Nossas Crianças combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e
A campanha Proteja Nossas Crianças combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e adolescentes

BELO HORIZONTE (11/01/10) - A campanha Proteja Nossas Crianças ganhou um novo parceiro para divulgação nas estradas de Minas Gerais, o Instituto Marum Patrus. A parceria, firmada nesta segunda-feira (11), vai divulgar o número do Disque Direitos Humanos (0800 031 1119), que recebe denúncias de crimes contra crianças e adolescentes de todo o Estado. De início, 200 caminhões baú da Patrus Transportes Urgentes serão plotados com a logomarca da campanha e o telefone do serviço.

Lançada em maio de 2008, a campanha Proteja Nossas Crianças, coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e oServiço Voluntário de Assistência Social (Servas), é uma das maiores iniciativas já realizadas no país de combate à violência doméstica e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

O secretário de Desenvolvimento Social, Agostinho Patrus Filho, representou o Governo de Minas na solenidade. "A parceria entre o Governo e o Instituto vai atingir centenas de cidades mineiras e tornar a Campanha Proteja Nossas Crianças ainda mais conhecida", destacou.

O secretário da Sedese falou também sobre a preocupação do Governo do Estado em proteger as crianças e adolescentes mineiros. "Temos treinado e qualificado os conselheiros tutelares de todo Estado. Outra preocupação é oferecer boa estrutura para o trabalho deles, com carros e computadores adequados. Dessa forma, os conselheiros podem oferecer um bom atendimento às crianças e aos adolescentes que precisam", concluiu Agostinho Patrus.

Segundo a presidente do Instituto Marum Patrus, Marina Patrus, a ideia é formar uma rede cidadã consciente de que a denúncia é a melhor forma de coibir esse tipo de crime. "Queremos conscientizar os diversos públicos que se relacionam conosco a denunciarem. Nossos caminhões serão outdoors ambulantes nas estradas de Minas Gerais", explicou.

O presidente da Patrus Transportes Urgentes, Marcelo Patrus, disse que a parceria é o maior exemplo da preocupação dos governantes de Minas com as questões voltadas para as crianças e adolescentes. "Quero agradecer ao Governo de Minas que mostra a atenção com nossas crianças e adolescentes. Agora cabe a nós pegarmos o telefone e denunciar esses crimes".

Denúncias

Em 2009, as denúncias recebidas por meio do Disque Direitos Humanos (0800 031 1119) cresceram 26%, quando comparadas ao número das denúncias feitas em 2008. Foram 3.463 ligações recebidas em 2009, ante 2.735 em 2008.

Os crimes mais denunciados durante o ano de 2009 foram negligência e abandono, com 1.093 ligações, violência física intrafamiliar, com 1.075, e abuso sexual extrafamiliar, com 222 ligações.

As denúncias são encaminhadas aos conselhos tutelares, promotorias de justiça, Ministério público e, dependendo da gravidade, diretamente para a polícia.

Agência Minas
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores