terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Belo Horizonte terá programa de ensino em gestão e marketing esportivo

Respondendo à crescente demanda por recursos humanos especializados, inerente à Copa do Mundo de 2014 no Brasil, a Trevisan Escola de Negócios realizará em Belo Horizonte, uma das cidades-sede, o Programa para Formação em Gestão e Marketing Esportivo. Em São Paulo e Rio de Janeiro, a instituição já mantém cursos regulares de MBA nessa área, em parceria com a Brunoro Sports e apoio da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). Inicia, agora, uma série de cursos especiais em todas as cidades que abrigarão o maior evento esportivo internacional.

         A Trevisan Escola de Negócios, instituição de excelência e com ótima qualificação no Enade, lançou em 2002, em São Paulo, o seu primeiro curso de aperfeiçoamento em Gestão do Esporte. Entre aquele ano e 2006, formou cinco turmas, num total de 138 alunos. Em 2006, criou o curso de pós-graduação em Gestão e Marketing Esportivo, que já formou três turmas na capital paulista. Em 2009, com a abertura de unidade da instituição no Rio de Janeiro, a cidade também passou a contar com o MBA, apoiado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), entidade referencial na área esportiva.

         "Agora, com base em toda essa experiência pedagógica bem-sucedida, realizaremos o programa para a formação de recursos humanos especializados em todas as sedes da Copa de 2014", salienta Fernando Trevisan, diretor geral da escola, acrescentando: "Profissionais aptos a atender às demandas resultantes, em cada cidade, de uma competição como o Mundial de Futebol são um dos principais requisitos para o sucesso do Brasil nesse empreendimento".

O impacto da competição será grande nos clubes esportivos, indústria, comércio, serviços e sistema financeiro, na economia e no cotidiano dos municípios, salienta Trevisan. "Serão imprescindíveis profissionais capazes de gerenciar todo esse movimento, cotas locais de patrocínio e a demanda remanescente do torneio, com impacto direto no estímulo aos clubes de futebol, formação de atletas, gerenciamento de contratos, comercialização de direitos federativos e numerosos outros itens ligados ao setor".

Conteúdo aplicado à demanda

A grade curricular do programa que está sendo lançado pela Trevisan Escola de Negócios atende a todos esses requisitos. Os cursos têm 150 horas/aula, em cerca de quatro meses. São duas aulas presenciais por módulo, às sextas-feiras. Na carga horária total, 75% são em formato não-presencial e 25%, presencial. 

Os módulos são os seguintes: "Gestão Esportiva", cujo professor responsável é Sílvio Maia, profissional que possui experiência de 10 anos em docência na área de marketing esportivo e foi durante 4 anos diretor de licenciamento da marca Pelé e responsável pela política de lançamento de produtos, comercialização de atividades publicitárias da marca; "Marketing Esportivo", com José Carlos Brunoro, ex-atleta e treinador de vôlei, uma das principais referências em gestão e marketing esportivo; e "Direito Esportivo", com Heraldo Panhoca, advogado especializado no tema, coautor da Lei Pelé. 

Grade curricular dos módulos

GESTÃO ESPORTIVA – 44 h.a.
 
·                                  Introdução à administração

·                                  Gestão financeira

·                                  Contabilidade e controladoria de clubes e entidades

·                                  Estruturas organizacionais

·                                  Balanced Scorecard

·                                  Mensuração de resultados

·                                  Mapeamento de processos

·                                  Governança Corporativa

·                                  RH no desporto

·                                  Gerenciamento de carreiras

·                                  Equipe vencedora

·                                  Gestão de Arenas
 

 

MARKETING ESPORTIVO – 44 h.a.
 
·                                  Introdução ao marketing

·                                  Marketing esportivo

·                                  Elaboração de proposta de patrocínio

·                                  Elaboração e comercialização de projetos

·                                  Eventos e ativação de patrocínio

·                                  Organização de categoria esportiva

·                                  Compra e venda de direitos de transmissão

·                                  Comercialização da marca dos clubes como estratégia de marketing

·                                  Franchising aplicado ao esporte

·                                  Licenciamento da marca

·                                  Pesquisa aplicada ao esporte

·                                  Relação com agências de publicidade

·                                  Administração de marketing nos clubes sócio esportivos
 

 

DIREITO ESPORTIVO – 44 h.a.
 
·                                 Introdução ao direito desportivo

·                                 Legislação desportiva

·                                 Lei Pelé

·                                 Leis de incentivo

·                                 Contratos desportivos

·                                 Direito do trabalho no esporte

·                                 Agente esportivo

·                                 Transferências internacionais

·                                 Legislação tributária aplicada a entidades esportivas
 

                                       Um mercado em ebulição

 O mercado esportivo é considerado um dos mais promissores da economia mundial neste século. Engloba ampla e diversificada gama de negócios, como a comercialização dos direitos federativos dos atletas, patrocínios, licenciamentos, comercialização dos direitos de TV e realização de eventos.

Estima-se que esse mercado cresça 37% até 2013, movimentando cerca de US$ 141 bilhões. No Brasil, representa 3% do PIB nacional e emprega 300 mil pessoas. Sua expansão anual deverá ser de aproximadamente 7% nos próximos quatro exercícios. "A Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, serão estímulo imenso ao setor, tornando cada vez maior a oferta de postos de trabalho para profissionais qualificados", observa Fernando Trevisan.

Trevisan Escola de Negócios
Ricardo Viveiros & Associados

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores