segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Destinos turísticos de Minas ganham espaço em São Paulo



SÃO PAULO (14/09/09) - Como primeira iniciativa do Espaço Minas Gerais, inaugurado nesta segunda-feira (14), em São Paulo, a Secretaria de Estado de Turismo, a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o Instituto Estrada Real (IER) e o Sebrae-MG assinaram Termo de Compromisso para execução da segunda fase do Programa Minas de Ouro. A iniciativa tem o objetivo de inserir os produtos turísticos mineiros nos catálogos das grandes operadoras de turismo de São Paulo, de forma consistente, competitiva e permanente. 

Iniciado em 2007, o Minas de Ouro, já possibilitou investimento de R$ 600 mil, na capacitação de agentes de viagens, no treinamento de operadores, na realização de famtours e presstrips e na execução de um plano de mídia. De acordo com a secretária de Estado de Turismo de Minas Gerais, Érica Drumond, a expectativa agora é de capacitar, por ano, 1,2 mil profissionais do turismo de São Paulo. "O Espaço Minas Gerais será uma oportunidade para que, nos próximos três anos, os agentes e operadores de turismo de São Paulo conheçam Minas de forma vivencial e saibam indicar os principais roteiros turísticos mineiros para seus clientes. Queremos os operadores de turismo de São Paulo, falando de Minas com o coração e com a alma", disse 

Além das capacitações e encontro de negócios, nesta nova fase o programa prevê ações para a estruturação de produtos turísticos mineiros, além de promover a articulação e a capacitação da rede de fornecedores mineiros (hotelaria, receptivos locais, restaurantes e atrações locais), estimulando a diversificação da oferta e a criação de promoções especiais. 

Turismo de negócios 

Durante a solenidade de inauguração do Espaço Minas Gerais, Érica Drumond afirmou que o objetivo é ligar as agendas dos empresários de turismo de Minas e de São Paulo como estratégia para fortalecer o turismo de negócios dos Estados. "Vamos trazer os operadores, conventions bureaux e organizadores de eventos para Encontro de Negócios no maior mercado emissor de turismo do Brasil. Queremos que, permanentemente, novos produtos turísticos do Estado sejam disponibilizados para o mercado paulista", disse a secretária. 

A secretária lembrou ainda que Belo Horizonte, a capital mineira, é atualmente a 5ª cidade brasileira que mais recebe eventos internacionais no ranking 2008 da International Congress and Conference Association (ICCA), entidade que mede a participação dos destinos na captação de eventos internacionais. "Vamos trabalhar para que as grandes empresas realizadoras de eventos de São Paulo criem braços de seus eventos em Minas Gerais, estimulando os vários setores de nossa economia. 

Infraestrutura para o turismo 

Em seu pronunciamento Érica Drumond lembrou que o Espaço Minas Gerais nasceu no BH Convention & Visitors Bureau em 2005, virou projeto estratégico do 
Governo de Minas, em 2007, e que hoje integra as ações estratégicas do Projeto Estruturador do Governo de Minas " Destinos Turísticos Estratégicos". Para ser implantado, contou com investimento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e hoje torna-se realidade. "Este espaço é hoje um centro de referência para empresas e executivos do país e do exterior, agentes e operadores de viagens que possam conhecer as potencialidades econômicas, turísticas e culturais de Minas", ressaltou a secretária. 

Novos negócios 

A infraestrutura do Espaço Minas Gerais permitirá trabalhar o turismo em instalações arrojadas e preparadas com equipamentos de última geração. A Sala Belo Horizonte, com 100 m², será destinada aos cursos de capacitação, workshops, reuniões e rodadas de negócios. 

No 2ª andar do Espaço Minas Gerais, existem quatro virtual officces com computadores, telefones, internet, enfim todo aparato necessário para que os empresários e investidores façam bons negócios, inclusive no segmento turístico. Já na Sala Multimídia, o público do Espaço Minas Gerais poderá fazer uma viagem virtual a Minas Gerais, por meio de painéis de vídeo. E os passeios não terminam por aí, também haverá jogos interativos em tela touch screen retratando a riqueza e a diversidade dos destinos mineiros. 

Para mostrar o dinamismo e a contemporaneidade do Estado, o Espaço Minas Gerais terá uma programação que combinará eventos de negócios com agenda cultural, iniciativas para capacitação de pessoas e apresentação de produtos e serviços turísticos, entre outros. 

Investimentos 

De acordo com Érica Drumond, o Governo do Estado, nos últimos sete anos tem intensificado investimentos no setor de turismo, com aporte de recursos na ordem de R$ 80 milhões, que foram aplicados em sinalização turística, estruturação de destinos, capacitações e ações de promoção e incentivo à comercialização. Essas ações integram um conjunto de medidas governamentais, reunidas no "Projeto Estruturador Destinos Turísticos Estratégicos" que, com metas desafiadoras, visa transformar o Estado no melhor e mais visitado destino turístico do Brasil. 

Os investimentos do Governo de Minas têm gerado resultados positivos. No último ano, o número de desembarques internacionais no Aeroporto Internacional Tancredo Neves (AITN) aumentou seis vezes, subindo de 15.010, em 2007, para 88.559, em 2008. Somente de janeiro a julho de 2009, foram 76 mil desembarques, segundo dados da Infraero.


Agência Minas


Leia também:

Aécio Neves inaugura em São Paulo o Espaço Minas

Serra prestigia inauguração do Espaço Minas Gerais em São Paulo


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores