sexta-feira, 17 de julho de 2009

Universitários da UFU vão à Ásia para capacitação em tecnologia da informação

Nove estudantes da Universidade Federal de Uberlândia fazem parte do grupo de universitários que embarcam, neste domingo (19), para um curso de quatro semanas oferecido pela Republic Polytenic, instituição referência no curso de Tecnologia da Informação (TI), em Cingapura. O grupo, com 20 estudantes, é o primeiro que será enviado à Ásia pelo Programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo. A parceria consolida as relações de cooperação mútua entre Minas Gerais e Cingapura, por meio da  Singapore  Cooperation Enterprise (SCE).

 

Na terceira edição do programa, os jovens serão acompanhados pelo professor tutor Edgar Afonso Lamounier Júnior, da UFU. O Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo é uma iniciativa do Governo de Minas, coordenado pela Subsecretaria de Assuntos Internacionais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), que tem como objetivo o desenvolvimento do capital humano de Minas Gerais por meio de um programa inédito de capacitação no exterior.

 

Nesta sexta-feira (17), os estudantes participaram do seminário "Minas Gerais e as Relações Internacionais", na sede do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi). Técnicos da Sede e da Sectes apresentaram ao grupo um perfil da economia de Minas Gerais, com dados sobre exportação, política fiscal, pontos turísticos, além do resumo do que é o Choque de Gestão, empreendido pelo Governo do Estado, a partir de 2003, e que está possibilitando a retomada do crescimento e o equilíbrio das contas fiscais.

 

O grupo se inteirou também da política do Estado na área de tecnologia e do programa Jovens Mineiros Cidadãos do Mundo, que por meio de cooperação mútua entre Minas Gerais e instituições internacionais de capacitação, possibilita o intercâmbio de conhecimentos a universitários mineiros de diversas áreas.

 

Construir idéias

 

Para o subsecretário de Assuntos Internacionais da Sede, Luiz Antônio Athayde, a iniciativa oferece aos estudantes mineiros uma oportunidade única de aprendizado por meio da internacionalização. "Ao proporcionar o desbravamento de novas tecnologias, novas formas de pensar e novos olhares sobre um mundo cada vez mais competitivo, o programa Jovens Mineiros atua para diminuir a distância entre a concepção de novas idéias e a conquista dos resultados, mostrando que mais do que 'pensar' é preciso 'construir'", afirma o subsecretário.

 

Entre os universitários que viajam no domingo para Cingapura, Alana Bueno Otsuka é a única representante feminina da Universidade Federal de Uberlândia. Com 20 anos e cursando o 7º período de Ciência da Computação, Alana destaca que o curso "é uma experiência única para conhecer novas tecnologias e aperfeiçoar o inglês".

 

Com planos de se dedicar a pesquisas na área de Tecnologia da Informação (TI), quando terminar o curso, Alana Otsuka afirma que, a ciência da computação representa "o presente e o futuro", pelas múltiplas aplicações que possibilita. A expectativa da estudante em relação ao mercado de trabalho nessa área é positiva. "Em Uberlândia, as empresas que se dedicam à TI estão em franca expansão", afirma.

 

Ao tomar conhecimento do edital para selecionar estudantes para o curso em Cingapura, Marcos Vinícius Guimarães Martins Filho, outro aluno do 7º período de Ciência da Computação da UFU, foi um dos primeiros a se inscrever. "Durante 30 dias, até saber o resultado, vivi dia-a-dia a expectativa de estar incluído no grupo", confessa. Marcos Vinícius espera poder absorver o máximo de conhecimento para aplicar.

 

Participam também do grupo alunos das Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG) dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). A capacitação será composta por seis módulos: "Compreendendo a especificidade do sistema e estrutura governamental de Cingapura"; "Imersão e Visitas técnicas"; "Android, a próxima geração de sistema operacional para dispositivos móveis"; "Cloud Computing com Google App Engine"; "Imersão e discussões em grupos focais" e "Intercâmbio cultural e Adventure Learning".

 

Selecionados da Universidade Federal de Uberlândia

 

- Alana Bueno Otsuka

- Fernando Eduardo Resende Mattioli

- Fernando Henrique Morais da Rocha

- Henrique Coelho Fernandes

- Lucas Batista Leite de Souza

- Lucas Clemente Vella

- Marcos Vinicius Guimarães Martins Filho

- Saulo Henrique da Mata

- Victor Hugo Benedetti Delaiba

 

Professor tutor: Edgar Afonso Lamounier Júnior, Universidade Federal de Uberlândia


Agência Minas



--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores