quinta-feira, 23 de julho de 2009

SES adota ações de Comunicação para combater a Influenza A

Governo de Minas, a partir do momento em que foi constatada a ocorrência de casos da Influenza A (Gripe Suína) no estado, definiu uma série de estratégias de Comunicação Social. O objetivo é manter a população informada acerca dos cuidados e das medidas a serem adotadas, de forma a evitar a contaminação e a propagação do vírus H1N1 no território mineiro. 

Entre as estratégias adotadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) , na fase 1, previstas no Plano Estadual de Enfrentamento da Ameaça da Influenza A/H1N1 (Gripe Suína), destacam-se a produção de peças publicitárias/SES-MG; a reprodução de peças publicitárias/MS; a reconstituição da rede de mobilização social nos moldes do que se idealizou para o combate à Dengue; a contratação de serviços técnicos especializados na busca ativa a possíveis portadores do vírus H1N1, em locais estratégicos principalmente em aeroportos; a implantação de serviços de busca ativa para detectar precocemente casos suspeitos em passageiros vindos do exterior; além da ampliação do serviço de telefonia Disque Epidemiologia (0800 283 2255), para atendimento à população com a finalidade de informá-la, orientá-la e captar casos suspeitos com vistas à adoção de medidas de controle. 

Na fase 2, a Assessoria de Comunicação Social da SES mantém as equipes no Aeroporto de Confins, para a distribuição de material informativo, a busca ativa e o Disque Epidemiologia. A partir desta semana a SES passa a desenvolver também outras estratégias, com foco em públicos específicos, como caminhoneiros, taxistas e profissionais de turismo, hotelaria e lazer. Também são alvos nesta fase os alunos de escolas públicas e privadas. 

Para a abordagem dos caminhoneiros a Secretaria de Estado de Saúde, com o apoio da Anvisa e da Receita Federal, está atuando nos cinco portos secos do Estado (Betim, Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba e Varginha) e também no Aeroporto de Confins. A Secretaria passará a abordar os caminhoneiros nos principais corredores de transporte do Estado, com a distribuição de folhetos informativos, afixação de jornal mural e de adesivos em restaurantes de postos de gasolina instalados nas estradas de maior circulação de veículos de Minas Gerais. Para o sucesso desta ação, a SES firmou parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Minas Gerais (Minaspetro). 

Um adesivo similar será distribuído em restaurantes e bares do Estado, com o apoio da Associação Brasileira de Hotéis, Bares e Restaurantes (Abrasel). 

Os turistas e profissionais de empresas de viagem também receberão folhetos informativos sobre a Influenza A. Nesta ação, a SES tem o apoio da Associação Brasileira de Agências de Viagem de Minas Gerais (ABAV/MG). 

Outro parceiro da Secretaria de Estado de Saúde é o Sindicato Intermunicipal dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários, Taxistas e Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Minas Gerais (Sincavir-MG), que será responsável pela distribuição de folhetos informativos bilíngues aos passageiros de táxis. 

Outra ação é a produção de um newsletter (jornal eletrônico) e de um wallpaper (descanso de tela de computadores) distribuídos pela internet para empresas, sindicatos, associações, entidades religiosas, clubes, entre outros parceiros que a SES mantém. Esses mesmos parceiros receberão também folhetos informativos sobre as formas de prevenção. Um desses parceiros é a Drogaria Araújo que irá distribuir a peça aos clientes das 86 lojas que mantém em Belo Horizonte, ação importante, já que a Região Metropolitana de Belo Horizonte concentra 70% dos casos da doença registrados em Minas Gerais. 

Para atingir todos esses públicos, a SES está produzindo cinco milhões de folhetos, dos quais, 1 milhão será bilíngue (português/espanhol). Também estão sendo produzidos 60 mil adesivos para afixação em banheiros de postos de gasolina, bares e restaurantes. 

A tiragem do jornal mural está estimada em 12 mil exemplares, dos quais, dois mil serão afixados em postos de gasolina, pontos de embarque e desembarque, descanso e lanche de passageiros e motoristas, e outros dez mil em 189 cidades mineiras cortadas pelas principais estradas do Estado. O mesmo conteúdo será afixado dentro de três mil ônibus intermunicipais e interestaduais. 

Veja em imagens o quadro com o fluxo de distribuição das peças produzidas pela SES.

Ver Imagens     

Agência Minas
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores