sexta-feira, 24 de julho de 2009

Convênios garantem prestação de serviços para os moradores de Nova Ponte

Prefeitura oferece repasse de subvenções a entidades para garantir a prestação de serviços à população 

Para atender a demanda de alunos portadores de necessidades especiais em Nova Ponte, garantindo-lhes uma educação com qualidade, o administração do município assinou em abril deste ano um convênio de cooperação com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Por meio deste convênio, autorizado pela Lei Municipal 1.623 de 26 de novembro de 2008, a Prefeitura está repassando R$ 20 mil reais todos os meses para a instituição. A parceria vai até dezembro deste ano. "Essa é uma causa muito nobre, a Apae é mantenedora das nossas crianças com necessidades especiais e por isso tem todo nosso carinho e nossa preocupação. Não medimos esforços, dentro do nosso orçamento, para destinarmos recursos para uma entidade tão nobre e respeitada como esta" disse o prefeito José Divino da Silva. 

O repasse tem por finalidade a cooperação técnica e financeira complementar para que seja garantido o atendimento dos alunos portadores de necessidades educativas especiais que estudam na Apae.  Através do fornecimento desta subvenção a entidade assegura a manutenção da associação. O dinheiro é empregado na compra de produtos alimentícios, de higiene, limpeza, material pedagógico, de informática, transporte, combustível, gás de cozinha, manutenção de veículos. 

Além do repasse, a Prefeitura de Nova Ponte está disponibilizando cinco servidores municipais para prestação de serviços na entidade. Quatro destes servidores trabalham como auxiliares de serviços gerais e um como assistente administrativo. "Esse convênio tem um significado muito grande, porque dependemos dessa verba para dar continuidade no nosso projeto. Sem estes recursos não teríamos condições de oferecer o trabalho pedagógico para os nossos alunos. Esta parceria também é essencial para aumentarmos o número de alunos atendidos", disse a presidente da instituição Maria de Fátima de Andrade Lima Valverde. 

A Apae de Nova Ponte é uma associação civil, filantrópica, de caráter educacional, cultural, assistencial de saúde, de estudo e pesquisa, desportivo e outros, sem fins lucrativos. Para atender aos alunos excepcionais a entidade dispõe de uma equipe multidisciplinar formada por profissionais nas áreas de psicologia, fisioterapia, psicopedagogia, psiquiatria, neurologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, arterapia e serviço social, o que garante um trabalho de inclusão social destes alunos que por suas necessidades especiais não conseguem ser atendidos em escolas regulares. 

Outros convênios

Assim como a Apae, outras entidades de Nova Ponte recebem recursos financeiros da Prefeitura para complementar o custeio de diversas despesas que são essenciais para garantir o oferecimento de vários serviços à população. Apesar de a crise financeira mundial ter afetado a economia de Nova Ponte, assim como de várias cidades brasileiras, o que obrigou a todos as administrações municipais no país a tomarem medidas para conter gastos, o prefeito de Nova Ponte, José Divino da Silva, está cumprindo com o compromisso firmado com a população e continua mantendo o repasse de subvenções para algumas entidades da cidade. 

Além da Apae, a prefeitura também assinou este ano o convênio de cooperação mútua com outras duas instituições da cidade para garantir um atendimento de qualidade à população. A Creche Stella Maris recebe o repasse de R$ 12 mil, até o final deste ano, para garantir a aquisição diária da merenda escolar e a compra de leite para todas as crianças. Além disso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras, cedeu alguns pedreiros que realizaram pequenos reparos na instituição. 

O Lar de Idosos Padre Panfílio é beneficiado com o repasse de R$ 12 mil que também são usados para manter as despesas da instituição. Além deste recurso, a Prefeitura oferece à entidade a isenção da tarifa de água, doação diária de leite, óculos e exames e assistência completa dentro do Programa Saúde da Família (PSF). "Ao fazer estes convênios a Prefeitura acredita que está incentivando a educação infantil e está contribuindo com aquelas pessoas que tanto já lutaram por nossa cidade", disse o chefe de Gabinete, Gabriel Nazaré Fortunato. 

Lucas Barbosa / Serifa

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores