sexta-feira, 10 de julho de 2009

Cetec assina protocolo para criação de Instituto Mineiro de Materiais

O Diretor Científico do INM Eduard Arzt e o Presidente do Cetec Alfredo Gontijo de Oliveira durante assinatura de protocolo de intenções na Alemanha.  - foto: Déa Fonseca / Sectes 

A Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec), por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), oficializa parceria com o INM - Instituto para Novos Materiais (Leibniz-Institut für Neue Materialien). 

O instituto alemão é especializado em materiais nanoestruturados. O protocolo de intenções assinado entre as duas instituições estabelece cooperação que tem como um de seus objetivos a estruturação de um instituto mineiro de nanotecnologia e materiais. 

A Superintendente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Sectes Déa Fonseca destacou a importância dessa parceria e disse que Minas Gerais conseguiu mostrar aos alemães que já possui pesquisa básica e estrutura para desenvolver trabalhos em nanotecnologia. "A relação está se estabelecendo de maneira respeitosa, de igual pra igual, porque eles perceberam que é um acordo no qual as duas partes têm a ganhar". 

Esta prevista para os próximos dois meses a viagem de uma equipe de pesquisadores do Cetec e de outras instituições mineiras ao INM, com o objetivo de estabelecer os principais focos técnicos da parceria. Além dos aspectos técnicos, também a governança e implicações sociais dos projetos serão analisados. 

Também está prevista para acontecer logo depois dessa viagem à Alemanha a visita de uma equipe do INM ao Cetec, para conhecer as instalações da Fundação. 

De acordo com o presidente do Cetec, Alfredo Gontijo de Oliveira, três áreas já priorizadas para direcionar as ações do Cetec possuem potencial para se beneficiarem da parceria. São elas a automotiva, a energética e a metrológica. "Esperamos que os resultados dessa parceria sejam anunciados já durante a Inovatec, em outubro, onde pesquisadores do INM devem realizar um workshop sobre nanotecnologia", explica.

Priscila Armani de Paula / CETEC Imprensa


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura

Seguidores